RS volta acumular um número alto de mortes em decorrência da Covid-19

Em São Marcos, uma mulher de 65 anos morreu em decorrência da Covid-19 à espera de leito de UTI.

Compartilhe:

A SES (Secretaria Estadual da Saúde) divulgou, no final da tarde desta terça-feira (1º), um novo balanço sobre o coronavírus no Rio Grande do Sul.

O Estado voltou acumular um número alto de mortes em decorrência da Covid-19. De acordo com a SES, foram contabilizadas 87 novos óbitos pela doença nesta terça.

Com os dados atualizados, o Estado chega na marca de 6.900 mortes por Covid-19 desde o início da pandemia.

A SES também identificou 4.564 novos infectados. Com isso, o Estado chega a 326.425 casos confirmados. Do total, 300.904 (92,1%) estão recuperados e 18.578 (5,8%) estão em acompanhamento. A taxa de letalidade é de 2,1%.

Outra taxa que voltou a subir é a de ocupação de leitos de UTI em hospitais do Rio Grande do Sul. Nesta terça, 80,4% estavam ocupados, sendo que 46,7% por pacientes com Covid-19 ou suspeita de síndrome respiratória aguda grave.

São Marcos

Uma mulher de 65 anos, moradora de São Marcos, na Serra gaúcha, morreu enquanto aguardava por um leito de UTI para a Covid-19.

Ela foi diagnosticada com a doença no último dia 17, teve piora três dias depois e não foi transferida para um hospital de maior porte porque, havia pacientes mais graves que foram encaminhados com prioridade.


Compartilhe: