Quatro pessoas são presas por furto de cédulas abandonadas em Criciúma

Compartilhe:

Quatro pessoas foram presas pela polícia após o ataque ao banco do Brasil de Criciúma, no Litoral Sul catarinense. Elas estariam recolhendo dinheiro abandonado após o crime. A informação foi dada pelo comandante da PM (Polícia Militar) de Criciúma, o tenente-coronel Cristian Dimitri.

Os presos estariam carregando duas malas cheias de dinheiro. Todos os detidos seriam moradores, sem envolvimento direto com o ataque. Eles estariam apenas se aproveitando da situação para “resgatar” o dinheiro.

Dois malotes, com aproximadamente R$ 810 mil, foram recuperados pela polícia. O item foi roubado de dentro da agência do Banco do Brasil atacada, mas acabou sendo deixado para trás pelos criminosos.

Centenas de cédulas, a maioria de dez reais, ficaram espalhadas por ruas do centro da cidade. Elas voaram após a explosão do cofre da agência.

 


Compartilhe: