Litoral gaúcho terá reforço no policiamento para impedir aglomerações neste fim de semana

Compartilhe:

O Litoral gaúcho terá reforço no policiamento ostensivo diante da necessidade de isolamento social. O Rio Grande do Sul tem apresentado um quadro preocupante diante do número de internações por coronavírus. As regras excepcionais vão até dia 14 de dezembro.

O reforço foi definido no final da tarde da quinta-feira (3). A determinação ocorreu após reunião por videoconferência entre o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, e as chefias das instituições vinculadas à SSP (Secretaria da Segurança Pública). “Estamos diante de um quadro que nos preocupa muito. O grande aumento no número de casos de Covid-19 exige que tenhamos atenção às restrições emergências nesta primeira quinzena de dezembro”, afirmou o vice-governador.

“Por isso, vamos intensificar as ações de conscientização e temos confiança de que gaúchos e gaúchas irão respeitar as orientações para vencermos mais este momento crítico. Para assegurar a disponibilidade de leitos aos que necessitarem de atendimento na rede de saúde”, destacou o secretário da segurança pública.

Conforme a SSP, o aumento de policiamento e presença nas praias das regiões Norte e Sul visa ampliar o trabalho de orientação aos veranistas. O objetivo será cumprir as medidas emergenciais de distanciamento.

Além do efetivo regular do CRPO-Litoral (Comando Regional de Policiamento Ostensivo do Litoral), a Brigada Militar terá o reforço de um pelotão do 1º BP Choque (1° Batalhão de Polícia de Choque) de Porto Alegre. E ainda 118 alunos-soldados, que estão prestes a concluir o curso de formação e já atuam em atividades de estágio supervisionado, vão atuar na ação.

Ação conjunta com prefeituras

Uma das ações da Brigada Militar será impedir que banhistas fiquem na orla da praia. Está permitida apenas a circulação ou a prática de exercícios físicos.

Os policiais também irão ajudar as prefeituras de todo o Estado a coibir aglomerações. A Brigada Militar foi orientar a ajudar no que for necessário nas ações de fiscalização, de forma a evitar que as pessoas se aglomerem nas cidades.

Já o CBMRS (Corpo de Bombeiros Militar) também estará com presença ampliada nas praias. Somando-se aos efetivos nas cidades litorâneas, 35 bombeiros militares vão reforçar a ação de patrulhamento e circulação na orla. Além disso, 281 candidatos ao posto de guarda-vidas civil temporário, também farão atividade de orientação aos veranistas. Eles vão orientar quanto às regras de distanciamento controlado necessárias para reduzir a disseminação da Covid-19.

Os agentes da Polícia Civil irão atuar em apoio à Brigada Militar e às prefeituras. A chefia de Polícia já definiu também os parâmetros para autuação por descumprimento das normas, medida que será adotada apenas em último caso.

Protocolos para impedir aglomerações

  • Permissão de comércio, sem restrição de dias, mas com restrição de horário (até 20h);
  • Permissão de restaurantes, lancherias e bares, sem restrição de dias, mas com restrição de horário (até 22h), clientes somente sentados, com distanciamento de dois metros entre mesas para grupos de até seis pessoas, sem música ao vivo ou ambiente que prejudique a comunicação;
  • Permissão de funcionamento de atividades em locais abertos, com controle de acesso, vedado alimentação e bebidas (shows, espetáculos, drive-in, parques de aventura e zoológicos etc.);
  • Vedado o funcionamento de atividades em locais fechados (teatros, cinemas e casas de shows etc.);
  • Vedada a permanência em locais abertos sem controle de público (ruas, praias, parques e praças etc.), permitida apenas circulação ou prática de exercícios físicos;
  • Vedados eventos sociais (casamentos, festas, formaturas e aniversários etc.);
  • Vedação do uso de áreas comuns em condomínios e clubes (brinquedos, salões de festas, piscinas, churrasqueiras compartilhadas e quadras etc.);
  • Manutenção das atividades de ensino no modelo híbrido, respeitando aos protocolos nas atividades presenciais;
  • Reforço aos protocolos gerais, em especial: máscara, distanciamento, álcool gel e ventilação natural cruzada (janelas e portas abertas).


Compartilhe: