Inter volta a jogar como time grande, mas é eliminado nos pênaltis

Fora da Libertadores, o Inter volta as atenções para o Brasileirão. Enfrenta o Botafogo, no sábado, às 19h, no Beira-Rio,

Compartilhe:

O Inter foi eliminado na Libertadores na noite desta quarta-feira (10). Na La Bombonera, o time do técnico Abel Braga venceu no tempo normal o Boca Juniors por 1 a 0, mas perdeu nos pênaltis (5 a 4).

O time voltou a jogar como uma equipe grande e merecia a classificação por tudo que dez na partida, principalmente no primeiro tempo.

O único gol do tempo normal foi marcado no início da segunda etapa. Em boa jogada de Patrick, ele achou Moisés, que cruzou rasteiro para Fabra marcar contra, garantindo a ida à decisão por pênaltis.

Nos pênaltis

O Boca abriu a série com Carlitos Tévez, que bateu mal. Lomba tocou na bola, mas não evitou o gol. Rodinei converteu para o Inter, e Cardona errou para o Boca, ficando em desvantagem.

Depois, foi a vez de Rodrigo Lindoso desperdiçar para o Inter (isolou a bola), e o placar se igualou em 4 a 4 até as alternadas.

Jara converteu para o Boca, e Peglow errou, definindo o placar em 5 a 4 e sacramentando a eliminação colorada na decisão por pênaltis.

Um dos grandes nome da partida foi o jogador Patrick, deu trabalho para defesa do Boca Juniors. O jogador levou vantagem em quase todos os lances.

“Fico triste pela eliminação pelo jeito que foi. Mas prefiro perder desse jeito que foi hoje, lutando. Fizemos uma grande partida. Agora é levantar a cabeça e continuar em frente com a cabeça erguida”, disse o jogador colorado.

Fora da Libertadores, o Inter volta as atenções para o Brasileirão. Enfrenta o Botafogo, no sábado, às 19h, no Beira-Rio, em jogo válido pela 25ª rodada da competição.


Compartilhe: