Grêmio repete placar e passa para as quartas da Libertadores

Compartilhe:

O Grêmio fez valer sua superioridade e, assim como na primeira partida, venceu o Guaraní-PAR por 2 a 0 na Arena no jogo da volta das oitavas de final da Libertadores. Os gols foram marcados de forma distante no tempo. O primeiro logo aos 7 minutos da primeira etapa e o segundo já no último minuto do segundo tempo.

O que aconteceu entre os dois gols foi uma repetição do jogo de ida, mas também do que o Tricolor Gaúcho vem apresentando nos últimos jogos. Um futebol leve, competitivo, de toques rápidos, marcação firme e, não menos importante, de brilhantismo de seus jovens jogadores.

Pepê, Ferrerinha, Darlan, Rodrigues e o de maior destaque – Jean Pyerre. Desde o início da partida, Jean mostrou seu futebol refinado, que encontra passes onde parece impossível colocar a bola. O primeiro gol saiu em um lance assim. Aos 7, Jean dominou na intermediária e, sem olhar, encontrou Bruno Cortez que vinha ultrapassando. O Lateral só teve o trabalho de cruzar rasteiro para Ferreira empurrar para as redes.

O lance chegou a ser revisado pelo VAR, mas confirmado na sequência. Mas Jean também foi personagem do jogo na forma de um susto. No final da primeira etapa, após sofrer uma pancada, caiu no gramado e depois pediu substituição. Em seu lugar entrou Isaque.  A partir daí, com o jogo praticamente ganho, a lesão da promessa do Grêmio foi o que mais passou a preocupar os gremistas.

No segundo tempo, o jogo foi aberto, lá e cá. Mas o Grêmio era quem criava mais perigo. O Guaraní transitava em velocidade mas não convertia esse movimento em chances de gol. Pouco antes do fim a equipe paraguaia perdeu a cabeça. Benítez foi expulso por deixar o braço no rosto de Diego Souza.

O segundo gol do Grêmio, aos 50, fecharia a conta de vez. Diego Souza encontrou o zagueiro Rodrigues sozinho e ele chutou para o gol. Fim de jogo. Grêmio nas quartas.

Situação e próximos jogos

O Grêmio chegou a 15 jogos sem perder. São 12 vitórias e três empates.

Agora, teremos duelo de tri campeões da América nas quartas de final da Libertadores. Grêmio e Santos se enfrentarão. O primeiro jogo será na Arena e o segundo na Vila Belmiro. O Tricolor está vivo nas outras duas competições que disputa. No Brasileirão, enfrenta o Vasco no domingo, às 16h, na Arena, podendo chegar ainda mais perto da liderança e deixar de vez o Inter para trás. Pela Copa do Brasil, Grêmio e São Paulo fazem o primeiro jogo das semifinais no dia 23 de dezembro, às 21h30, na Arena.

Ficha Técnica

Grêmio

Vanderlei; Orejuela, David Braz, Rodrigues e Bruno Cortez; Darlan (Pinares), Lucas Silva e Jean Pyerre (Isaque); Ferreira (Maicon), Churín (Diego Souza) e Pepê (Guilherme Azevedo)

Técnico: Renato Portaluppi

Guaraní-PAR

Servio; Tripichio (Villalva), Romaña, Báez e Miguel Benítez; Angel Benítez (Merlini), Florentín (Fernando Fernández), Rodrigo Fernández, Maná e Domínguez; Bobadilla

Técnico: Gustavo Costas


Compartilhe: