Lovin’ Wine, startup de vinhos em lata, expande operação para lojas físicas

Primeiro local a receber a marca será a loja conceito da Sam’s Club, no bairro Morumbi, na cidade de São Paulo.

Compartilhe:

Criada com o objetivo de simplificar o consumo de vinho, a Lovin’ Wine, startup de vinho em lata, chegou ao mercado como uma DNVB (Digitally Native Vertical Brand) — ou seja, todo seu processo, da fabricação até a entrega do produto para os clientes finais, é feito virtualmente. Porém, segundo a empresa, o sucesso de vendas e a alta procura pelas duas opções de vinho da marca, Rosé e Branco, fez com a estratégia mudasse. A partir deste mês, a Lovin’ Wine também estará disponível em espaços físicos e o primeiro local a receber a marca será a loja conceito da Sam’s Club, no bairro Morumbi, na cidade de São Paulo.

Segundo João Paulo Sattamini, CEO da Lovin’, esse movimento passa pela necessidade do público poder conhecer o produto, que tem alta qualidade e é diferenciado na experiência de consumo e degustação. “A bebida precisa estar acessível no momento de consumo, que muitas vezes é de impulso, no momento, em um bar, restaurante, hotel ou mesmo em um evento. Assim decidimos expandir a distribuição no canal físico para facilitar o acesso ao produto, cumprindo com o nosso propósito de facilitar e simplificar o consumo de vinho no Brasil”, explica.

Neste primeiro momento, a Lovin’ estará disponível nessa loja conceito e a partir da confirmação do modelo a ideia é ampliar para todos os os clubes do Sam’s no Brasil. Além disso, a partir de dezembro, o foco serão hotéis, clubes e resorts. “A partir de janeiro de 2021 entraremos em mercados e supermercados selecionados pelo Brasil. O foco será Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro”, conta Sattamini.

Esse movimento de expansão da marca não se resume à logística de entrega. Para 2021, a Lovin’ prepara o lançamento de mais duas opções de vinho: branco seco e rosé seco. “Muitas pessoas nos pedem uma versão de vinho seco. Por isso, desde que apresentamos a Lovin’ ao mercado essa demanda entrou no nosso radar. Além disso, isso significa a consolidação e expansão da marca como uma opção de vinho de qualidade com simplicidade e sofisticação no consumo”, conclui Sattamini.

Por enquanto, cada latinha de Lovin’, de 269 ml, está disponível no mercado em duas versões: Branco e Rosé, dois vinhos levemente gaseificados, com fermentação natural e que devem ser bebidos gelados. O primeiro, o Premium White Wine, conta com aromas e sabores refrescantes de frutas cítricas e brancas. Já o segundo, o Premium Rose Wine, que traz aromas intensos de frutas frescas de casca avermelhada, com mais do que um toque floral de rosas. Ambos possuem teor alcoólico de 9,5% e são produzidos no Vale Trentino, na cidade de Farroupilha, no Rio Grande do Sul.


Compartilhe: