fbpx

Em noite de Galhardo, Inter volta a vencer e retoma a vice-liderança do Brasileirão

Em Bragança Paulista, o time colorado venceu o Bragantino por 2 a 0, em jogo válido pela 14ª rodada do Brasileirão.
Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O Inter reencontrou o caminho das vitórias na noite desta quinta-feira (8). Em Bragança Paulista, o time colorado venceu o Bragantino por 2 a 0, em jogo válido pela 14ª rodada do Brasileirão.

Thiago Galhardo marcou os dois gols da vitória do Inter. Com o resultado, o colorado chega a 25 pontos e assume a vice-liderança (dois pontos atrás do Atlético Mineiro).

O início do jogo mostrou que a estratégia de Coudet era explorar o lado esquerdo da defesa do Bragantino. No primeiro tempo, o Inter foi superior e não deixou o Bragantino crescer.

Aos 17 minutos da primeiro etapa o Inter abriu o placar. Em jogada que começou pelo lado esquerdo, Boschilia virou para Heitor. Ele cruzou na medida e Galhardo apareceu às costas de Léo Ortiz para testar sem chances para Júlio César, 1 a 0.

Após o gol, o time de Coudet continuou a pressão. Aos 24 do primeiro tempo, o Inter ampliou o placar. Após nova jogada pela direita, foi a vez de Edenílson fazer o levantamento. Exatamente na marca do pênalti, Galhardo cabeceou para o fundo do gol, anotando o segundo dele na partida, 2 a 0.

Com a vantagem no placar, o Inter controlou o jogo. Contou com boas atuações especialmente de Edenílson e Heitor, dominando o setor direito de ataque e castigando o Bragantino. Assim, administrou para levar a vantagem de 2 a 0 ao intervalo.

O segundo tempo teve cara de jogo treino, o Inter tirou o pé e deu uma administrada. Já o Bragantino não conseguiu ter força para reagir na partida. Assim, sem dificuldades, o time colorado esperou pelo apito final.

O Inter volta a campo no próximo domingo (11), às 20h30, quando enfrenta o Athletico Paranaense, no Beira-Rio.

Escalação

Bragantino: Julio Cesar; Aderlan, Leo Ortiz, Ligger e Edimar; Ryller (Uiliam Corrêa), Raul, Claudinho (Thonny Anderson), Arthur e Tubarão (Luis Phelipe); Alerrandro (Ytalo). Técnico: Mauricio Barbieri

Inter: Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Uendel; Lindoso, Edenílson, Patrick (Moledo) e Boschilia (Marcos Guilherme); Galhardo (D’Alessandro) e Pottker (Abel Hernández). Técnico: Eduardo Coudet

Leia também

Total
2
Share