fbpx

Distanciamento controlado: três regiões do RS passam para bandeira amarela

As outras 18 regiões seguem classificadas como bandeira laranja.
Fernando Frazão/Agência Brasil

Pela primeira vez em três meses, o Rio Grande do Sul volta a ter regiões classificadas em bandeira amarela no mapa preliminar do Distanciamento Controlado.

No mapa preliminar, da 23ª semana, divulgado nesta sexta-feira (9), o Estado apresenta bandeiras amarela e laranja, de risco médio. O mapa definitivo será divulgado na segunda-feira (12).

As regiões de Bagé, Palmeira das Missões e Pelotas são as três que apresentaram melhora e passaram para bandeira amarela. As outras 18 regiões seguem classificadas como bandeira laranja.

Classificada em bandeira vermelha (risco epidemiológico alto) na 22ª rodada, a região Covid de Santa Maria apresentou melhora de indicadores e retorna à bandeira laranja nesta semana.

Segundo o governo, em todo o Estado, percebeu-se uma estabilidade ou melhora na maioria dos indicadores, como registros de novas hospitalizações (-29%) e óbitos (-7%). Houve estabilidade no número de internados por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) ou por Covid-19 em UTI e um leve aumento nos internados com Covid-19 em leito clínico.

Mesmo contabilizando pacientes internados por outras causas, os números apontam leve queda na quantidade de UTIs ocupadas.

A manutenção do total de leitos de UTI se traduziu em leve aumento na razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19.

Bandeira laranja

Conforme o mapa preliminar, as 18 regiões classificadas na bandeira laranja são: além de Santa Maria, Cachoeira do Sul, Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Cruz Alta, Erechim, Guaíba, Ijuí, Lajeado, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Porto Alegre, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa, Santo Ângelo, Taquara, Uruguaiana.

Leia também

Total
2
Share