fbpx

Cinco criminosos morrem em confronto com a BM em Caxias do Sul

Tiroteio ocorreu após a quadrilha tentar matar rivais em um ponto de tráfico de drogas na cidade. Armas e munições foram apreendidas e um homem foi preso.
Foto: CRPO Serra / Brigada Militar / Divulgação

Cinco criminosos morreram após entrarem em confronto com a Brigada Militar em Caxias do Sul, na Serra gaúcha. O tiroteio ocorreu após a quadrilha tentar matar rivais em um ponto de tráfico de drogas na cidade. Armas e munições foram apreendidas e um homem foi preso.

De acordo com a Brigada Militar, o Serviço de Inteligência da corporação investigava a possibilidade de um ataque de traficantes contra rivais. Integrantes de uma facção criminosa de Farroupilha planejavam atacar oponentes em Caxias do Sul.

Durante a terça-feira policiais monitoraram um dos pontos de tráfico, na rua Egídio Antônio Marcarini, no bairro Pioneiro. O mesmo local já havia sido alvo de disparos. Um menor envolvido no ataque de sábado havia sido apreendido com garrafas de gasolina e um veículo Honda Fit roubado.

Na madrugada desta quarta, porém, os criminosos queriam assassinar os rivais. Eles chegaram ao local por volta das 4h da manhã em um Volkswagen Voyage de cor branca, que era alugado. Uma casa que seria utilizada para a venda de drogas foi invadida. Tiros foram feitos contra dois homens que dormiam no local, mas ninguém ficou ferido no ataque.

PMs que já estavam na imediações acionaram o 4º Batalhão de Choque, realizou acompanhou a fuga da quadrilha. No quilômetro 73 da Rota do Sol, os brigadianos tentaram interceptar os bandidos. No entanto, houve confronto após os integrantes da quadrilha descerem do Voyage. Cinco criminosos foram baleados e morreram no local.

Fuga e ferimento

Um sexto indivíduo conseguiu fugir para um matagal e se escondeu. Por volta das 6h da manhã, ele foi localizado, tentou reagir, mas acabou baleado. Ele foi baleado na cabeça. O indivíduo está internado em estado grave no Hospital Pompéia, conforme a BM. O indivíduo está sob custódia.

Com a quadrilha foram apreendidos rádios comunicadores, coletes balísticos, toucas ninjas, munições, um revólver, duas pistolas calibre 380, uma pistola 9mm e um fuzil 556. Nenhum policial militar foi ferido durante a ação e a ocorrência segue em atendimento.

Prisão na casa alvo do ataque

Na residência alvejada no bairro Pioneiro foram três pessoas presas, conforme a Brigada Militar. Duas em flagrante por tráfico de drogas e porte de munição de uso restrito. Já o terceiro deve ser autuado como usuário. Ele foi liberado após o registro da ocorrência.

Leia também

Total
12
Share