fbpx

Temporais atingem região metropolitana e Serra e provocam estragos

Tempestades ocorreram durante a madrugada desta quinta-feira (10). Em Gravataí, uma torre de rádio desabou com a força do vento.
Imagem de radar da 1h30 da manhã mostra as áreas de instabilidade sobre a região metropolitana. Crédito: Cemaden/ Windy / reprodução

Temporais atingiram municípios da região metropolitana de Porto Alegre e da Serra na madrugada desta quinta-feira (10). As tempestades, que tiveram chuva forte, raios e até granizo, causaram danos em alguns municípios.

Em Porto Alegre, a instabilidade causou alagamentos em algumas ruas. A EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) registrou semáforos desligados em virtude de problemas no abastecimento elétrico dos equipamentos.

Conforme a Defesa Civil da Capital, os ventos chegaram a 70 quilômetros por hora no aeroporto Salgado Filho. No bairro Partenon, zona leste da Capital, um muro caiu após deslizamento de terra. Ninguém ficou ferido.

Na região metropolitana, a chuva com vento causou a queda de uma árvore na ERS-040, em Viamão. Um carro chegou a ser atingido pelos galhos, mas a motorista não teve ferimentos. A via ficou bloqueada durante a madrugada e só foi ser liberada perto das 7 horas da manhã.

Em Gravataí, uma torre de rádio desabou com a força do vento. A estrutura atingiu uma casa, que está desabitada. Ninguém se feriu.

A Serra teve registro de chuva forte, com raios e queda de granizo. No entanto, não houve informe ao Corpo de Bombeiros de danos.

Nas próximas horas o tempo firma no Rio Grande do Sul. As áreas de instabilidade se afastam do Estado e o sol predomina. A máxima pode chegar perto dos 30°C na Fronteira Oeste.

Leia também