fbpx

Movergs completa 33 anos

Entidade representa os interesses da cadeia produtiva madeira e móveis
Rogério Francio, presidente da Movergs. Foto: Carlos Ferrari/Divulgação

Nesta segunda-feira (14), a Associação de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (Movergs) completa 33 anos de fundação. A entidade representa 2,4 mil empresas no Estado, que geram 40 mil empregos diretos e totalizam 13% das indústrias no Brasil e 25% do faturamento do setor moveleiro nacional.

Desde setembro de 1987, a Movergs representa os interesses da cadeia produtiva madeira e móveis, direcionando seus esforços no sentido de contribuir e garantir ferramentas competitivas em prol do desenvolvimento de seus associados. A defesa dos interesses das empresas do segmento também motiva a entidade a trabalhar pela ampliação de sua representatividade no contexto político-econômico nacional.

De acordo com a direção da Movergs, neste ano, em que a pandemia tem assolado as indústrias, a entidade tem demonstrado sua importância na defesa de uma série de bandeiras, gerando impactos econômicos, tanto no mercado interno quanto externo, o que demandou um engajamento de esforços para articular medidas em benefício do setor moveleiro gaúcho junto ao Governo Federal, Estadual e municípios. Além disso, tem se mobilizado em razão dos constantes aumentos das matérias-primas básicas, e trabalhado para que a proposta de reforma tributária do Estado não prejudique ainda mais o segmento.

Rogério Francio, presidente da Movergs, enfatiza que como dirigente tem seguido firmemente o slogan da entidade ‘Unir para fortalecer, renovar para crescer’, com o compromisso de representar e defender os interesses da cadeia produtiva moveleira, trabalhando para o aprimoramento de projetos, na geração de oportunidades e parcerias e na defesa dos interesses das empresas. “Apesar das inúmeras dificuldades enfrentadas nos últimos anos, nos orgulhamos da pujança do setor moveleiro e sua projeção internacional. Aprendemos cada vez mais a conjugar o verbo ‘unir’, o que nos mostra também o quanto é imprescindível uma cadeia produtiva moveleira forte, integrada, desenvolvida, sem individualismos”, conclui.

FIMMA Brasil

Há quase 30 anos, a Movergs tem promovido a FIMMA Brasil, evento para toda a cadeia madeira e móveis por ser a única que trabalha do setor para o setor. Criada praticamente junto com a fundação da Movergs, esse evento, reconhecido internacionalmente, em 2020 ganha nova roupagem, passa a ser atemporal, um movimento de conexões humanas para negócios, em que foram agregadas novas propostas com o objetivo de incentivar e apoiar a retomada do mercado, estimular novos negócios, humanizar relacionamentos e aproximar empresas de soluções e empresários do setor de lideranças de toda a cadeia produtiva.

Com esses propósitos a FIMMA Brasil passa a atuar em três grandes frentes:

– Fimma Inova, iniciado em agosto de 2020 até março de 2021 e que visa que dezenas de participantes repensem práticas para uma nova cultura de inovação com os melhores especialistas de inovação do país e do mundo;

– Fimma Conexões e Negócios, evento físico, 26 a 29 de abril de 2021, no Parque de Evento de Bento Gonçalves;

– Fimma Summit, de 27 a 29 de abril de 2021, o maior encontro de geração e compartilhamento de conteúdo do setor por meio de especialistas e análises disruptivas.

“Nossa essência sempre foi ser ‘do setor para o setor’, com muita doação, energia compartilhada e aproximação dos elos da cadeia. O novo momento exige colaboração e nada melhor do que a FIMMA Brasil ser a inspiração para a retomada, promovendo conexões humanas para os negócios e, dessa forma, contribuindo para que os empresários repensem o futuro. E será com esse mesmo intuito, de unir fabricantes de móveis de seus fornecedores e parceiros, que a FIMMA Brasil se reinventa para integrar e fortalecer o setor”, enfatiza Francio.

Leia também