fbpx

Grêmio vence Gre-Nal da Libertadores e amplia série sem perder para o rival

Pela quarta vez no ano, o Grêmio venceu o Inter.
Pepê comemora gol contra o Inter no Beira-Rio. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Pressionados por maus resultados nas últimas partidas, Inter e Grêmio foram a campo na noite desta quarta-feira pelo segundo Gre-nal da Libertadores da América de 2020.  O jogo foi no Beira-Rio. Pela quarta vez no ano, o Grêmio venceu o Inter, dessa vez por 1 a 0. O outro Grenal do ano, também pela Libertadores, terminou empatado.

Com o jogo de hoje, o Tricolor está a dez jogos sem perder para o Rival. E o Inter não marcou nenhum gol nos últimos seis clássicos. O último gol do colorado em grenais foi marcado contra, pelo zagueiro Paulo Miranda, do Grêmio, ainda no ano passado.

Primeiro tempo

A partida começou disputada. Ambas as equipes optaram por rechear o meio campo e adotar uma postura mais cautelosa. O Inter retinha mais a bola, mas o fato de Coudet ter optado pela dupla Musto e Lindoso no meio de campo dificultava a articulação de jogadas pelo colorado, ainda que aparentemente desse mais consistência defensiva.

O Grêmio esperava mais e se aproveitava dos espaços deixados pelo Inter após passes errados. As principais ações do Tricolor eram pelos lados de campo, seja com Pepê pelo lado esquerdo, que quebrava as linhas da defesa colorada, seja pelo lado direito, com a dupla Orejuela e Alisson. Os dois exploravam a falta de característica para a função do lateral-esquerdo improvisado Matheus Jussa.

A sensação era de que o Grêmio estava mais perto do gol. A melhor chance do primeiro tempo veio com Alisson, aos 27 minutos, em chute de fora da área que passou perto da meta de Marcelo Lomba.

Segundo tempo

Na etapa final as equipes arriscariam mais. O jogo ficaria lá e cá, ainda que a impressão fosse que o Grêmio sempre mantivesse um certo controle das ações. Aos 12, o Inter finalmente chegou com perigo. Abel tirou a bola de Matheus Henrique e passou para Boschilia. O meia cruzou para Galhardo que deu uma bela cabeçada. Vanderlei fez boa defesa.

Mas, depois só deu Grêmio. A equipe avançou as linhas e o Inter ficou confuso na partida. Passou a errar passes fáceis e ver o Tricolor somar chances de gol. Aos 22, Pepê entra pela direita e fica de frente com Lomba, tenta encobrir o goleiro do Inter, mas a bola passa ao lado do gol. Aos 27, Alisson entra, de novo pela direita, e chuta cruzado. A bola passa rasteira, ao lado do gol de Lomba.

Aos 28, o que já estava desenhado. Darlan passa para Pepê na entrada da área. Ele corta para o meio e bate no canto esquerdo de Lomba. 1 a 0 Grêmio.

Só então Coudet mexeria no time. Entraram D’alessandro e Leandro Fernández para tentar dar mais força ofensiva, mas não adiantou. O Inter não tinha poder de articulação e estava atabalhoado. O jogo acabou com o Grêmio mais perto do segundo gol do que do Inter sair do zero no score.

Com o resultado, Inter e Grêmio dividem a liderança do Grupo E da Libertadores, com 7 pontos. Mas o Colorado ainda está na frente pelo saldo de gols. A dupla Grenal volta a jogar no sábado pelo Brasileirão. O Inter recebe o São Paulo, no Beira-Rio, às 19h. Já o Grêmio vai ao Mineirão enfrentar o Atlético Mineiro, às 21h.

Ficha Técnica

Internacional

Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Víctor Cuesta e Matheus Jussa; Musto, Marcos Guilherme (Leandro Fernández), Rodrigo Lindoso (D’alessandro) e Boschilia; Thiago Galhardo e Abel Hernández

Técnico: Eduardo Coudet

Grêmio

Vanderlei; Orejuela (Ruan), Rodrigues, Kannemann e Bruno Cortez; Lucas Silva, Matheus Henrique e Darlan (Robinho); Alisson (Guilherme Azevedo), Diego Souza (Isaque) e Pepê (Luiz Fernando)

Técnico: Renato Portaluppi

Leia também

Total
5
Share