fbpx

12º Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado começa nesta quinta-feira

Edição de 2020 promove a união entre colonos e restaurantes para a criação de receitas exclusivas.
Chef com microfone em frente a diferentes pratos. Festival de Gastronomia de Gramado
12Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado_Cozinha Experimental com a Chef Monica Noel, Oxford – As raizes da minha Terra. Foto Cleiton Thiele/SerraPress/Divulgação

Estabelecido como um dos principais encontros de gastronomia do país, o 12º Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado inicia nesta quinta-feira, dia 1º de outubro, apresentando pratos especiais, programação cultural, oficinas gastronômicas online e concurso para escolher o melhor chef da Região das Hortênsias. Com o tema “Do Produtor à Mesa”, durante 12 dias, os restaurantes participantes vão se unir a produtores da agroindústria local para oferecer receitas de dar água na boca.

Neste ano, as colonizações que fazem parte da história de Gramado e que integram o agronegócio da cidade serão contempladas no festival. Os pratos vão contar com insumos de colonos das comunidades das linhas Ávila Baixa, Ávila Alta, Caboclos, Carahá, Furna, Horlle, Quilombo, Marcondes, Mato Queimado, Moreira, Morro Agudo, Serra Grande, Tapera e Várzea Grande.

Com curadoria dos chefs Endrigo Sedrez (Senac Gramado) e Rodrigo Mylius (UCS Campus Hortênsias), os restaurantes criaram receitas exclusivas para o Festival com os sabores da colônia. Entre os ingredientes selecionados estão: linguiça, salame, copa, lombo, queijos coloniais, torresmo, mel, ovos, cogumelos, massas artesanais, radicci, feijão vermelho, hortelã, rúcula, brócolis, couve, abóbora, cenoura, alface, aipim, manjericão, repolho, manjerona, iogurte, doce de leite, casquinha de laranja, açúcar mascavo, geleias e doces de uva, abóbora e figo, vinho branco e espumante.

Restaurantes e Vinícolas

O circuito gastronômico da 12ª edição contará com 28 restaurantes confirmados: Armazém do Bill, Belle Vitrine, Bistrot Pastasciutta, Burguertino, Brûlée Bistrô, Cantina Pastasciutta, Casa da Madre, Casa Di Pietro, Colosseo, Divino, Dreams Motor Show, DUO, Gran Fondue, Hard Rock Cafe Gramado, Il Piacere, Imperador dos Camarões, Josephina, La Braise, La Place D’or, Le Chantilly, Le Grand Burger, Maison Enchantée, Malbec, Olivas GastroBar, O’Pasta, Primrose – Saint Andrews, San Tao e Toro. Os pratos têm valor único de R$40,00 e as opções doces R$20,00. Alguns estabelecimentos oferecem a opção de entrega ou retirada.

Boscato e Dunamis são as vinícolas oficiais do Festival, com rótulos disponíveis nos restaurantes.

Atrações Culturais

Somado à programação gastronômica, o Festival contará com cerca de 35 apresentações culturais de artistas locais, de diferentes estilos musicais, em formato solo, duo e trio, durante todos os dias. Em clima intimista, os shows ocorrerão dentro dos restaurantes participantes, em horários de almoço e jantar, cumprindo todas as normas de segurança necessárias.

Dentro da programação cultural, o Festival também apresenta a mostra “A Arte da Terra”, do fotógrafo Leonid Streliaev, que estará exposta na Rua Coberta durante o período do evento. Cerca de 20 obras retratam tanto a alma de quem produz como os alimentos consumidos pelos moradores da cidade e por turistas do Brasil e do exterior que visitam Gramado. Trata-se de uma viagem pela cultura e raiz de quem colonizou a cidade.

Cozinha Experimental

Neste ano, a concorrida e prestigiada Cozinha Experimental acontece no ambiente digital. Gravadas na cozinha do SENAC Gramado, as oficinas gastronômicas explicam o passo a passo para preparar iguarias típicas da região. As aulas já estão sendo disponibilizadas gratuitamente, de forma gradativa, no canal oficial do Festival no Youtube. Os participantes também podem acessar um e-book com todas as receitas no site.

Acessibilidade

Para ampliar os recursos de inclusão social e realizar ações assertivas, a edição deste ano conta com a consultoria da Semearhis, startup de Impacto Social voltada para o relacionamento humano, especializada na inclusão das PcD (Pessoa com Deficiência). Através da parceria, os cardápios serão disponibilizados com tradução em Braile, além de Audiodescrição e Narração – tecnologia assistiva que traduz imagens em palavras -, que estará disponível nos celulares dos garçons para todos que tiverem interesse na experiência. Cinco oficinas gastronômicas da Cozinha Experimental contam com transmissão e interpretação em LIBRAS por intérpretes surdos e ouvintes. Alguns restaurantes também contarão com cartão de visita em Braile.

Concurso Melhor Chef

O clássico Concurso Melhor Chef, com participantes da Região das Hortênsias, tem sua grande final marcada para o dia 2 de outubro. A disputa acontece na cozinha do SENAC Gramado, apoiador do Festival, com cobertura nas redes sociais. Entre os finalistas estão os chefs Arika Messa, Bruna Gotardo e Jesley Agostinho.

Na data, os jurados terão a experiência da Caixa Sensorial Olfativa, um projeto-piloto da startup Semearhis para inclusão de cegos, surdocegos e deficientes de baixa visão. Os pratos dos finalistas serão inseridos nessa caixa. Com os jurados vendados, haverá narração sobre o prato, textura, cheiro e ingredientes.

O 12º Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado acontecerá com todos os procedimentos de saúde e segurança recomendados pelos órgãos e vigilância sanitária. As medidas de distanciamento e higiene estarão de acordo com as orientações já aplicadas nos restaurantes associados da Abrasel. O coreto, na Praça Major Nicoletti, será o ponto institucional, que oferecerá informações gerais sobre o Festival.

Mais informações no site https://www.festivalgastronomiagramado.com.br.

Total
95
Share