fbpx

Rede de venda de calçados falsificados é desarticulada em Sapucaia do Sul

Quadrilha vendia cerca de 20 mil pares de tênis por mês, movimentando R$ 500 mil com produtos falsificados de marcas famosas.
Operação Pérola Negra desarticulou esquema de venda de calçados falsificados em Sapucaia do Sul. Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um esquema de venda de calçados falsificados foi desarticulado na manhã desta quinta-feira (20) em Sapucaia do Sul, na Região Metropolitana. Uma quadrilha, que contava com um centro de distribuição de produtos falsificados, movimentava cerca de R$ 500 mil por mês com a venda de 20 mil pares.

De acordo com a Polícia Civil, a rede desarticulada abastecia boa parte do Estado. A Operação Pérola Negra foi resultado de quatro meses de investigações, que iniciaram em Canoas. Ao longo dos trabalhos, foi identificado um grande esquema de distribuição de calçados falsificados, principalmente tênis esportivos.

Agentes analisaram documentos e constataram que o centro de distribuição investigado não possuía autorização para comercializar produtos de marcas famosas. Dessa forma, trata-se de produtos falsificados. O depósito investigado fica no bairro Primor e, apenas no local, foram apreendidos aproximadamente seis mil pares de tênis.

A Polícia Civil informou que os calçados falsificados eram trazidos de São Paulo e Minas Gerais. Contudo, ainda não se sabe se os produtos foram fabricados no Brasil ou se foram importados da China. Dois comerciantes são suspeitos de coordenarem o esquema ilegal. No entanto, ninguém foi preso na ação.

Leia também