Distanciamento Controlado recebe 34 pedidos de reconsideração de bandeira

Ao todo, 12 regiões estavam em bandeira vermelha pelo levantamento preliminar. Outras oito têm risco médio de transmissão e atendimento hospitalar diante do coronavírus. 

Compartilhe:

O governo do Estado recebeu, até a manhã deste domingo (2/8), 34 pedidos de reconsideração das bandeiras do Distanciamento Controlado. Os pedidos foram enviados por municípios e associações regionais, que buscam reverter as medidas restritivas impostas pelo regime de bandeiras.

Ao todo, 12 regiões estavam em bandeira vermelha pelo levantamento preliminar. Outras oito têm risco médio de transmissão e atendimento hospitalar diante do coronavírus.

Conforme o governo do Estado, não houve pedido de bandeira laranja para amarela. Ou seja, todas as solicitações são de regiões preliminarmente em vermelho que pedem a permanência em bandeira laranja.

No domingo passado (26/7), quando o mapa preliminar estava com 14 regiões em vermelho, o governo do Estado recebeu 49 pedidos de reconsideração. Na 11ª rodada, foram 59 recursos; na 10ª rodada, 63 pedidos; na nona, 37; na oitava houve o maior número até agora: 67; e na sétima rodada, primeira vez que o governo abriu a instância recursal, foram 30.

As 12 regiões preliminarmente classificadas com risco alto para o contágio por coronavírus na 13ª rodada são Canoas, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Porto Alegre, Taquara, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Bagé, Pelotas, Santa Rosa, Lajeado e Santo Ângelo.

Os resultados dos recursos serão divulgados pelo Governo do Estado nessa segunda-feira (4).


Compartilhe: