fbpx

Acidente com avião na Índia deixa 16 mortos e mais de 120 feridos

Acidente ocorreu em condições de mau tempo na cidade da Índia. Voo partiu de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e fazia parte de plano de repatriação de indianos.
Foto: NDTV/reprodução

Um avião da Air India Express com cerca de 180 pessoas a bordo caiu ao pousar no aeroporto Calecute (também conhecido como Karipur Airport) no estado de Kerala, na Índia, nesta sexta-feira (7). A aeronave se partiu em duas partes, já dentro do aeroporto. Ao menos 20 pessoas morreram e outras 120 ficaram feridas, conforme autoridades locais.

O voo IX1344 partiu de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e tinha como destino a cidade indiana. O fato ocorreu por volta das 19h40 locais (12h40 no horário de Brasília), em meio a fortes chuvas na região.

O número de passageiros seria de 184 pessoas a bordo, entre passageiros e tripulantes. As operações de resgate estão em andamento, com serviços de emergência no local. Por isso, não há detalhes sobre quantas pessoas ficaram feridas.

Segundo a BBC News, a aeronave teria saído da pista em uma tentativa de pouso. A Índia vive o auge do período de monções, com fortes chuvas sendo registradas no país diariamente.

Avião fazia repatriação de indianos

O avião que sofreu um acidente no aeroporto de Calicute, na Índia, tinha a bordo cidadãos que foram barrados em outras nações ou que retornavam ao país por conta da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) , informou a mídia local.

O voo fazia parte da “Vande Bharat Mission”, que foca na repatriação dos indianos. As viagens internacionais de e para a Índia, de fato, estão suspensas até o dia 31 de agosto. No entanto, assim como ocorre ao redor do mundo, os viajantes podem alegar motivo de urgência para ir para outro país – tendo que comprovar a situação – ou podem retornar para seu país-natal.

Leia também