fbpx

Prefeitura de São Leopoldo interdita supermercado por surto de coronavírus

A empresa já apresentou a lista dos 105 trabalhadores que deverão ser testados no Centro de Testagem Municipal
Supermercado passará pelo processo de sanitização completa realizado por empresa especializada. Foto: Divulgação/Prefeitura de São Leopoldo

A Prefeitura de São Leopoldo comunicou que mais um supermercado foi interditado na cidade por surto de coronavírus.

As equipes das vigilâncias Sanitária e Epidemiológica do Centro de Vigilância, com apoio da Força-Tarefa de Fiscalização e da Guarda Civil Municipal realizaram na tarde desta quinta-feira, 23 de julho, a interdição do Supermercado Rissul, localizado na avenida Parobé no bairro Scharlau.

“Foram constatados dois casos positivos de coronavírus entre os trabalhadores da unidade, com relação entre si, o que configura surto e as medidas sanitárias deverão ser adotadas”, diz a nota da prefeitura.

Conforme a Vigilância em Saúde, o estabelecimento passará pelo processo de sanitização completa realizado por empresa especializada e laudo técnico específico.

“Os trabalhadores positivos já foram afastados e a empresa deverá afastar temporariamente os demais trabalhadores sintomáticos ou que apresentaram sintomas mesmo que leves nos últimos sete dias. Com isso, o mercado poderá reabrir”, ressaltou a prefeitura.

Segundo a prefeitura, a empresa já apresentou a lista dos 105 trabalhadores que deverão ser testados no Centro de Testagem Municipal.

“Pelo decreto de calamidade pública em vigor, as empresas comerciais, industriais ou mesmo de serviço são obrigadas a comunicar os casos positivos em seus funcionários sob pena de multa e demais medidas de descumprimento da norma”, completa a nota.

 

📰 Receba as notícias do Agora no seu WhatsApp e Telegram
Notícias relacionadas