Nível do Guaíba chega a 2,51 metros no Cais Mauá e segue subindo

Famílias das ilhas acompanham assustadas o nível da água. Há 4 dias, o nível era de 1,41 metro.

Compartilhe:
Cheia do Guaíba é monitorada pelo Centro Integrado de Comando da Cidade de Porto Alegre. Foto: CEIC/Divulgação

O nível do Guaíba, em Porto Alegre, segue subindo rapidamente nesta sexta-feira (10). A tendência é de que a altura da água fique cada vez maior e afete as comunidades das ilhas do Guaíba. A Defesa Civil municipal emitiu alerta, pela manhã, sobre a inundação das ilhas.

Monitoramento do órgão aponta que o nível do Guaíba está subindo, motivado por rios do Norte do Estado – como o Caí e o Taquari -, que se encontram em declínio nas partes mais altas. Esses rios tiveram cheia nos últimos dias e, agora, a água está sendo recebida pelo Guaíba.

Utilizado como referência, o nível  no Cais Mauá atingiu 2,51 metros, conforme a última medição, às 16h. Nas primeiras horas desta sexta-feira, a altura da água estava em 2,23m, o que representa uma subida de 28 centímetros até agora. O nível normal do Guaíba na região é de 1,2m. Há 96 horas (4 dias atrás), o nível era de 1,41 metro.

As comunidades ribeirinhas de Porto Alegre já estão sendo afetadas pela cheia. Há registro de alagamentos na Ilha do Pavão e na Ilha Grande dos Marinheiros. Nessas localidades, a água já invade ruas e assusta famílias, que se preparam para deixar suas casas. Há o temor de uma nova enchente.

Uma família já foi removida da região das Ilhas e encaminhada para a casa de parentes. Os órgãos municipais e estaduais estão colocando em prática o plano de contingência para atender os moradores da região. A grande dificuldade, conforme as autoridades, está na aceitação das pessoas em deixar suas casas e irem para abrigos.

O alerta de inundação, que segue até o meio-dia de segunda-feira (13), está baseado no Monitoramento Hidrológico da Sala de Situação da Sema (Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura).  Emergências devem ser comunicadas à Defesa Civil, pelo fone 199, ou ao Corpo de Bombeiros, pelo fone 193.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: