fbpx

Leite anuncia ampliação para 7 mil testes diários para covid-19 no RS

Primeira etapa envolverá lar de idosos e estabelecimentos de saúde e grupo de 30 grandes cidades gaúchas
Foto: narvikk/IStock

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou nesta quinta-feira (23) o aumento da testagem para detectar coronavírus na população gaúcha.

Atualmente, são feitos 1 mil exames diários do tipo RT-PCR, que detecta a presença do vírus no organismo e é considerado o mais eficiente para diagnóstico da doença, seja pelo Lacen (Laboratório Central do Estado) ou por laboratórios parceiros de universidades.  Com o Testar RS, o objetivo é ampliar em mais 7 mil exames por dia, totalizando 8 mil testes no Estado.

“A Covid-19 é uma doença nova, que assusta e ensina. Hoje, já sabemos que o seu enfrentamento envolve uma série de ações complementares. Estamos lançando esse amplo programa de testagem e busca ativa de infectados, o Testar RS, que vai ser operacionalizado pelo Estado em conjunto com o Ministério da Saúde e as secretarias municipais de Saúde e com o apoio da iniciativa privada, por meio do programa Todos Pela Saúde, que darão suporte para essa ação pioneira e, tenho certeza, será um bom exemplo para o Brasil”, anunciou o governador.

“Além de ampliar a testagem, vamos usar o aplicativo Dados do Bem, que vai nos ajudar a acelerar o rastreamento. A intenção é diagnosticar mais rapidamente, fazendo busca ativa pelas pessoas contactantes de casos confirmados para testá-las também. Se confirmar o diagnóstico poderemos fazer rapidamente o isolamento. Com isso, queremos reduzir a transmissão comunitária do vírus e reduzir o crescimento da curva epidêmica de forma a assegurar a capacidade de atendimento hospitalar no RS”, apontou Leite.

Testagem  em duas etapas

A estratégia será dividida em duas etapas. A primeira, que começa já nesta quinta-feira (23), será aplicada em dois grupos prioritários: as cerca de 800 Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs), devido ao alto risco de exposição ao vírus, evidenciado pelos diversos surtos nesses locais, e os estabelecimentos de saúde, que têm muitos profissionais afastados por suspeita e precisam estar seguros para atuarem no combate à pandemia.

Também fazem parte na fase inicial pessoas com sintomas gripais que residam nos 30 maiores municípios com mais de 40 mil habitantes e maior incidência de casos confirmados de covid-19.

Parte dos testes será feita pelo Lacen e por laboratórios conveniados, e outra parte será enviado a um laboratório autorizado pelo Ministério da Saúde, no Paraná ou em São Paulo.

Nesta etapa, que será iniciada em agosto e que alcançará todo o Estado, mais dois grupos serão amplamente testados: os casos sintomáticos e os casos suspeitos por serem contactantes próximos de caso confirmado de covid-19.

Para essa segunda fase, a começar em agosto, a tecnologia e a adesão da população serão fundamentais para poderem ser rastreados e isolados possíveis contaminados e que estão assintomáticos.

Serão usados os dados do aplicativo Dados do Bem, desenvolvido pelo Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino, para identificar as pessoas que tiveram contato com quem foi testado positivo para o coronavírus.

O aplicativo é gratuito e de acesso universal, sendo possível definir públicos específicos para encaminhamento para testes (ex.: cidades ou número de contatos).

Como a plataforma terá os locais de realização de testes, facilita o acesso do usuário, com a disponibilidade de agendar a coleta no local mais próximo da sua residência.

Municípios

As 30 maiores cidades do Estado são: Alvorada, Bento Gonçalves, Cachoeirinha, Campo Bom, Canoas, Carazinho, Caxias do Sul, Charqueadas, Cruz Alta, Erechim, Estância Velha, Esteio, Farroupilha, Ijuí, Lajeado, Marau, Montenegro, Novo Hamburgo, Osório, Passo Fundo, Porto Alegre, Santa Maria, Santana do Livramento, Santiago, Santo Ângelo, São Gabriel, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Vacaria e Venâncio Aires.

Já a segunda etapa do “Testar RS” vai incluir os casos sintomáticos e suspeitos e seus respectivos contactantes. Neste grupo, estão incluídos todos os municípios do território gaúcho.

📰 Receba as notícias do Agora no seu WhatsApp e Telegram
Notícias relacionadas