fbpx

Distanciamento controlado: oito regiões do RS ficam na bandeira vermelha

Bandeiras ficam vigentes a partir da 0h desta terça (28)
Mapa da 12ª semana do Distanciamento Controlado após aceitação de recursos encaminhados por prefeituras ou associações. Foto: SPGG

Na 12ª rodada do distanciamento controlado, o Rio Grande do Sul manteve as mesmas oito regiões da semana anterior em bandeira vermelha. A divulgação foi feita pelo governador Eduardo Leite em transmissão pelas redes sociais nesta segunda-feira (27). As bandeiras ficam vigentes a partir da 0h desta terça (28) até as 23h59 da próxima segunda-feira (3).

Das 14 regiões que foram definidas como risco alto para a Covid-19 no mapa preliminar, permanecem com a classificação: Porto Alegre, Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Palmeira das Missões, Passo Fundo e Caxias do Sul. São as mesmas regiões que já eram consideradas, na semana passada, áreas de alto risco de contaminação pelo novo coronavírus.

O gabinete de crise aceitou os pedidos de reconsideração das regiões de Santo Ângelo, Cruz Alta, Santa Rosa, Santa Cruz do Sul, Pelotas e Bagé. Essas áreas ficam na bandeira laranja nesta semana. Segundo o governador, o fato de aceitar os pedidos mostra que o sistema de distanciamento controlado é flexível e resistente.

“Fica muito clara a necessidade do cuidado por parte de todos. Mesmo tomando muito cuidado, acabei, em algum momento, vulnerável a contrair o vírus. Graças aos cuidados que adotamos, a maior parte, senão todas as pessoas ao meu redor não sofreram contágio. Isso é uma boa demonstração de que, com protocolos, podemos ter o funcionamento de muitas atividades. Por isso, rogo a toda a população que siga os protocolos para que possamos diminuir o contágio para reduzir o número de internações. Se a velocidade de internações continuar crescendo, poderemos observar restrições maiores”, alertou Leite.

📰 Receba as notícias do Agora no seu WhatsApp e Telegram
Notícias relacionadas