fbpx

Com mais 19 mortes em 24h, Rio Grande do Sul chega a 406 vítimas por Covid-19

O Rio Grande do Sul registrou mais 19 óbitos causados por coronavírus nas últimas 24h, conforme dados da Secretaria Estadual da Saúde. É um novo recorde de número de mortes em um boletim. O total chega a 406 com a atualização.

O número de casos confirmados, ou seja, identificados por meio de testes, chegou a 17.822. Importante destacar que muitos pacientes não têm sintomas, que são semelhantes a de um resfriado em alguns casos. Do total testado, apenas 13% precisou de internações.

O coronavírus já alcançou 363 (73%) dos 497 municípios gaúchos. Porto Alegre é a cidade que tem o maior número de testes positivos, com 1.631. É seguida por Lajeado, com 1.553 e Passo Fundo, com 1.335 exames com confirmação da doença. Estão em acompanhamento 2.597 pacientes no Estado.

Taxa de internação segue alta

Conforme a SES (Secretaria Estadual da Saúde), a taxa de ocupação em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) no Estado segue acima dos 70%, mesmo com abertura de novos leitos. No total, são 2.014 unidades em todo o Rio Grande do Sul. Mas, em algumas cidades, como São Leopoldo, no Vale do Sinos, já há hospitais sem leitos de terapia intensiva ou respiradores.

É o caso do Hospital Centenário, que tem 11 UTIs. Nesta quinta-feira, todos os leitos de terapia intensiva estão ocupados, conforme dados da Secretaria Estadual. O hospital tem, conforme a SES, outros 13 respiradores, mas que são de tratamento semi-intensivo. Entre os internados, um paciente testou positivo para coronavírus, outros cinco são suspeitos e os cinco restantes tem outro motivo para internação.

Leia também