fbpx

Polícia Civil faz operação contra crimes de extorsão no Vale do Paranhana

Denominada “Ganância”, a iniciativa visa coibir crimes cometidos contra empresários da região. As cidades onde as vítimas moravam, porém, não foram divulgadas. 

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quinta-feira (28) uma operação contra crimes de extorsão no Vale do Paranhana. Denominada “Ganância”, a iniciativa visa coibir crimes cometidos contra empresários da região. As cidades onde as vítimas moravam, porém, não foram divulgadas.

Conforme o delegado Heliomar Franco, na ação foram apreendidos celulares, dinheiro e pequena porção de maconha. “As extorsões eram praticadas por telefone, mas havia indivíduos que praticavam danos, incêndio e até disparos de armas de fogo contra as casas e estabelecimentos dos empresários”, destacou.

A investigação durou 45 dias e ao menos quatro vítimas dos crimes foram identificadas. Segundo a Polícia Civil, os chantagistas realizavam pedidos de até R$ 150 mil, sob ameaça de morte a familiares.

Conforme a Polícia Civil, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Canoas e um em Novo Hamburgo. Durante as diligências, dois suspeitos, que se encontravam presos em regime domiciliar, foram detidos.

Um dos investigados, para tentar não oferecer provas à polícia, tentou destruir o celular. “Um dos suspeitos danificou um dos celulares ao perceber a chegada da Polícia Civil”, relatou o delegado.

Notícias relacionadas