fbpx

Prisão domiciliar: Ronaldinho Gaúcho é transferido para um hotel no Paraguai

Ronaldinho e o irmão estão detidos desde o dia 6 de março. Foto: Reprodução Twitter

Os advogados de Ronaldinho Gaúcho e do Assis Moreira conseguiram a transferência dos irmãos para a prisão domiciliar.

Nesta terça-feira (7), em audiência realizada em Assunção (Paraguai), o juiz responsável pela caso, acatou o pedido de transferência para prisão domiciliar apresentado pela equipe de defesa do ex-jogador.

Com a decisão, os irmãos deixarão o quartel da Polícia Nacional do Paraguai, onde estão detidos desde o dia 6 de março. Eles irão para o Hotel Palmara Roga, e seguirão com custódia policial permanente. Mas cada um vai ficar em um quarto diferente.

Um dos advogados ressaltou que o recesso no judiciário paraguaio por conta da pandemia de coronavírus segue atrapalhando as estratégias de defesa.

Related Posts