Pelotas terá hospital de campanha com 159 leitos para pacientes com coronavírus

Devem ficar prontos nesta terça-feira (14) mais de 150 leitos de baixa e média complexidade para atender pacientes com coronavírus em Pelotas, na região Sul do Rio Grande do Sul.

Compartilhe:

Devem ficar prontos nesta terça-feira (14) mais de 150 leitos de baixa e média complexidade para atender pacientes com coronavírus em Pelotas, na região Sul do Rio Grande do Sul. O hospital de campanha terá capacidade para 159 pessoas na enfermaria.

“O hospital de campanha atenderá aqueles pacientes de Covid-19 que não estão em estado grave, no nível de precisar de um leito de UTI, mas que também não podem ficar em casa, pois precisam de acompanhamento”, explica a secretária de Saúde, Roberta Paganini.

As obras começaram na última quinta-feira (9). Hoje (13), iniciou-se a montagem da parte elétrica. A estrutura provisória está sendo montada no Ginásio do Sesi, no prolongamento da avenida Bento Gonçalves.

A unidade contará apenas com as camas, colchões e divisórias. Para que possa começar a operar e receber os pacientes, será preciso ainda equipar o local. A administração da cidade está trabalhando para montar um site, onde possam ser realizadas doações.

A construção do hospital provisório está a cargo da empresa JN Estruturas, que foi contratada pela Prefeitura de Pelotas. A companhia criou unidades de atendimento em Bagé, Canoas, Novo Hamburgo, Porto Alegre, Tramandaí, Torres e Caxias do Sul. Por conta da situação da pandemia, as equipes trabalham continuamente, no final de semana e feriados, para acelerar a construção das estruturas.

Foto: Michel Corvello / Prefeitura de Pelotas.

Compartilhe: