Ministério da Saúde corrige e tira Porto Alegre de situação de emergência

Compartilhe:

Correção: o Ministério da Saúde classificou Porto Alegre em emergência no indicador de vigilância devido ao número de casos confirmados de coronavírus no final da tarde desta segunda-feira. Mas perto das 23h a pasta comunicou que cometeu um erro e corrigiu a informação. Assim Porto Alegre não está em situação de emergência.

Na coletiva desta segunda-feira (13), na atualização sobre os casos de coronavírus no país, o Ministério ressaltou Estados e cidades cujo coeficiente de incidência por milhão de habitantes preocupa a pasta.  E na informação “considera equivocada” entre as capitais, Porto Alegre chegou pela primeira vez a uma situação de emergência. E isso foi corrigido pelo Ministério, que vai explicar melhor nesta terça-feira durante a coletiva.

De acordo com a avaliação, consideram-se em emergência capitais que estão 50% acima da incidência nacional, que é de 111 casos por um milhão de habitantes. Segundo o Ministério da Saúda, Porto Alegre tem 210.

O Rio Grande do Sul também continua em estado de alerta, o Estado tem 58 casos por um milhão de habitantes.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre, o número de pacientes considerados recuperados da covid-19 chegou a 145.


Compartilhe: