Comércio poderá retomar atividades na região metropolitana, anuncia governo

A medida será autorizada a partir desta sexta-feira (1º de maio). Ela estará dentro de um decreto transitório, até a conclusão de um sistema de bandeiras para o distanciamento social controlado.

Compartilhe:

O governador Eduardo Leite anunciou, em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (30), a retomada das atividades do comércio na Capital e região metropolitana, com restrições. A medida será autorizada a partir desta sexta-feira (1º de maio). Ela estará dentro de um decreto transitório, até a conclusão de um sistema de bandeiras para o distanciamento social controlado. Entretanto, as regiões Norte (Passo Fundo/Marau) e do Vale do Taquari (Lajeado), devem reduzir atividades pelo grande número de casos.

Conforme o governo, a intenção é uma retomada parcial das atividades, para que o comércio não fique totalmente parado. Mas, advertiu o governador, não haverá um “libera geral” das atividades. O Executivo quer aproveitar que ainda há baixa prevalência da doença na região metropolitana para dar um fôlego aos comerciantes, em especial no Dia das Mães, no segundo domingo de maio.

Até esta quinta-feira, os prefeitos da região metropolitana, que é composta por 34 municípios, não podiam levantar o decreto estadual de fechamento do comércio. A atitude, considerada arbitrária por alguns mandatários, não levava em conta que algumas cidades tinham poucos ou nenhum caso de Covid-19. Nas outras regiões, os prefeitos poderiam emitir decretos municipais, apontando razões tecnocientíficas para a abertura.

O governador alertou ainda que, se possível, os comerciantes devem adotar vendas com formas que evitem aglomeração. Entre as formas sugeridas pelo mandatário do Piratini estão o take away (pague e leve), o drive trhu, e o delivery de compras.

Restrições no Vale do Taquari e no Norte do RS

Duas regiões gaúchas devem restringir, a partir desta sexta-feira (1º de maio), as atividades comerciais em razão do coronavírus. São o Vale do Taquari e a região Norte do Rio Grande do Sul. As duas são classificadas como “de risco”, em virtude do elevado número de casos nas cidades de Lajeado, e Passo Fundo e Marau, respectivamente.

Diante da categorização, os prefeitos das cidades que compõem essas regiões não poderão levantar o decreto estadual de restrição às atividades comerciais. Até então, os comércios nessas duas regiões estavam com restrições, mas em sua maioria abertos.

Veja a lista da região Norte afetadas

  • Água Santa
  • Almirante Tamandaré do Sul
  • Alto Alegre
  • André da Rocha
  • Arvorezinha
  • Barracão
  • Barros Cassal
  • Cacique Doble
  • Camargo
  • Campos Borges
  • Capão Bonito do Sul
  • Carazinho
  • Casca
  • Caseiros
  • Ciríaco
  • Coqueiros do Sul
  • Coxilha
  • David Canabarro
  • Ernestina
  • Espumoso
  • Fontoura Xavier
  • Gentil
  • Ibiaçá
  • Ibiraiaras
  • Ibirapuitã
  • Itapuca
  • Lagoa dos Três Cantos
  • Lagoa Vermelha
  • Lagoão
  • Machadinho
  • Marau
  • Mato Castelhano
  • Maximiliano de Almeida
  • Montauri
  • Mormaço
  • Muliterno
  • Não-Me-Toque
  • Nicolau Vergueiro
  • Nova Alvorada
  • Paim Filho
  • Passo Fundo
  • Pontão
  • Sananduva
  • Santa Cecília do Sul
  • Santo Antônio do Palma
  • Santo Antônio do Planalto
  • Santo Expedito do Sul
  • São Domingos do Sul
  • São João da Urtiga
  • São José do Ouro
  • Serafina Corrêa
  • Sertão
  • Soledade
  • Tapejara
  • Tapera
  • Tio Hugo
  • Tunas
  • Tupanci do Sul
  • Vanini
  • Victor Graeff
  • Vila Lângaro
  • Vila Maria

Região de Lajeado

  • Anta Gorda
  • Arroio do Meio
  • Bom Retiro do Sul
  • Boqueirão do Leão
  • Canudos do Vale
  • Capitão
  • Colinas
  • Coqueiro Baixo
  • Cruzeiro do Sul
  • Dois Lajeados
  • Doutor Ricardo
  • Encantado
  • Estrela
  • Fazenda Vilanova
  • Forquetinha
  • Ilópolis
  • Imigrante
  • Lajeado
  • Marques de Souza
  • Muçum
  • Nova Bréscia
  • Paverama
  • Poço das Antas
  • Pouso Novo
  • Progresso
  • Putinga
  • Relvado
  • Roca Sales
  • Santa Clara do Sul
  • São José do Herval
  • São Valentim do Sul
  • Sério
  • Taquari
  • Teutônia
  • Travesseiro
  • Vespasiano Correa
  • Westfália

Compartilhe: