Rio Grande do Sul registra 1º caso de coronavírus e tem outros 70 suspeitos

O Rio Grande do Sul teve a confirmação do primeiro caso de coronavírus (Covid-19). Trata-se de um homem de 60 anos e reside em Campo Bom, no Vale do Sinos. 

Compartilhe:

O Rio Grande do Sul teve a confirmação do primeiro caso de coronavírus (Covid-19). Trata-se de um homem de 60 anos e reside em Campo Bom, no Vale do Sinos, que está em isolamento.

Conforme a Secretaria da Saúde de Campo Bom, o paciente apresentou sintomas há algumas semanas quando retornou de uma viagem para Itália. O homem participou de uma feira calçadista e retornou ao país no dia 23/02, já com os sintomas.

O país europeu registra um surto com 9.172 casos e 463 mortes, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde). Diante do surto a Itália decretou quarentena (leia mais abaixo).

O homem foi imediatamente isolado em casa e segue sendo monitorado. Os familiares dele não apresentam sintomas da doença, conforme a Secretaria de Saúde do município de Campo Bom.

Detalhes foram divulgados em entrevista coletiva, as 11h, da Secretaria de Saúde do Estado (veja a íntegra no final da matéria). O RS tem ainda 70 casos suspeitos. Outros 129 foram descartados.

Contando com os casos já registrados nos últimos dias, são 26 ocorrências da síndrome respiratória no Brasil. São mais de 900 ocorrências suspeitas em todo o país.

[jnews_block_28 include_post=”184280″]

Itália ordena quarentena por coronavírus

Diante do crescimento exponencial do número de casos de coronavírus, o governo italiano impôs uma quarentena sem precedentes na história do país. A medida, válida a partir desta terça-feira, visa conter a propagação do surto, anunciou o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte.

Segundo ele, os cidadãos terão de comprovar a importância do seu trabalho para continuar a exercer a atividade, o estado de saúde e outras razões que justifiquem a necessidade de viajar para fora da área de residência. As restrições vão valer até 3 de abril.

A Itália enfrenta a situação mais crítica na Europa.  A doença atingiu até agora 9.172 pessoas e provocou a morte de 463, tornando a Itália o segundo país com mais casos depois da China. Em Portugal, o Ministério da Administração Interna anunciou novas medidas de contingência. Estão confirmados 39 casos no país e 399 aguardam resultados laboratoriais.

Coletiva do Governo do RS

https://www.facebook.com/GovernodoRS/videos/210867720292354/


Compartilhe: