Palestina rompe relações com EUA e Israel, após acordo de paz

Compartilhe:

O presidente palestino, Mahmoud Abbas, disse neste sábado (1º) que seu país está cortando todas as relações, inclusive de segurança, com Estados Unidos e Israel.

A decisão foi tomada após o presidente norte-americano, Donald Trump, ter apresentado um plano de paz para israelenses e palestinos.

Palestinian President Mahmoud Abbas gestures as he delivers a speech following the announcement by the U.S. President Donald Trump of the Mideast peace plan, in Ramallah in the Israeli-occupied West Bank January 28, 2020. picture taken January

O presidente palestino, Mahmoud Abbas, cortou relações com os Estados Unidos e Israel   Reuters/RANEEN SAWAFTA/direitos reservados

“Os Estados Unidos não são mais um país amigável para a Palestina”, disse Abbas em uma reunião da Liga Árabe no Cairo, Egito, acrescentando que se recusou a conversar com Trump.

Abbas disse que o plano de paz anunciado está “violando os acordos de autonomia” lançados em Oslo, em 1993, por Israel e pelos palestinos.

Israel terá que “assumir a responsabilidade enquanto força de ocupação [dos territórios palestinos]”, finalizou.


Compartilhe: