fbpx

Parque de olivoturismo em Gramado é opção para quem quer fugir do litoral

O Olivas de Gramado é o primeiro parque de olivoturismo do Rio Grande do Sul. São mais de 150 hectares com 12 mil mudas de oliveiras plantadas de cinco diferentes variedades.
Mesa de café da manhã no Olivas de Gramado, olivoturismo.
Café da manhã no Olivas de Gramado. Foto: Cristiano Carniel/Divulgação

Quem acha que janeiro é só praia, bronzeador e picolé ainda pode se surpreender com Gramado no verão. Para uma programação de veraneio diferente da tradicional viagem ao litoral, o Parque Olivas de Gramado é uma opção atraente. A apenas 14km do centro da cidade, o empreendimento reúne plantio de oliveiras, trattoria, turismo rural, trilhas ecológicas e, a parte favorita da criançada, fazendinha com mini animais.

O Olivas de Gramado é o primeiro parque de olivoturismo do Rio Grande do Sul. São mais de 150 hectares com 12 mil mudas de oliveiras plantadas de cinco diferentes variedades. Se o visitante não conhece os diversos tipos de oliva não tem problema: no parque é possível participar de aulas com degustação sensorial de azeite e, em seguida, fazer um tour guiado pelo parque para ver na prática o que aprendeu.

Já a gurizada se diverte com os moradores da fazendinha de mini animais. São coelhos, pôneis, porquinhos, cabras e outros amigos do mundo animal que moram em casinhas coloridas com uma vista privilegiada para o cânion Pedra Branca. Para curtir a paisagem em clima de férias, o Olivas de Gramado oferece cestas de piquenique com produtos coloniais e toalhas xadrez para sentar em frente à vista espetacular, que fica ainda mais mágica ao pôr do sol.

Mas se a pedida for um almoço para aproveitar o parque o dia todo, a trattoria serve pratos regionais para o visitante conhecer os sabores da gastronomia local, que fica ainda mais especial com o uso de insumos de produtores da região. Servido entre 12h e 15h, o Menu Raízes oferece uma seleção de pratos coloniais que inclui tagliatelle ao molho caipira, tortéi com carne de panela e costelinha de porco na cerveja preta, além da clássica sopa de capelleti, polenta frita e salada orgânica direto da horta do parque.

Além de todas essas atrações, o Olivas de Gramado também tem outro detalhe especial: a preocupação com o meio ambiente. São mais de 90 hectares de Área de Preservação Permanente (APP) monitoradas e com visitação por via de trilhas ecológicas cuidadosamente traçadas para que o ecossistema se mantenha inalterado. Ao longo do percurso, o visitante pode aprender sobre as espécies nativas de árvores e admirar as aves de rapina sobrevoando o cânion.

Antes de ir embora, os visitantes ainda podem aproveitar o Empório Colonial do parque com produtos coloniais como queijos, embutidos, schmiers e azeites, além de souvenirs da marca para lembrar do pôr do sol mais bonito de Gramado.

Os ingressos para acessar o parque custam R$ 60 por pessoa e inclui acesso a todas as áreas do parque, degustação sensorial de azeites e tour guiado pela propriedade.

📰 Receba as notícias do Agora no seu WhatsApp e Telegram
Notícias relacionadas