Após 57 dias, chega ao fim greve dos professores estaduais no Rio Grande do Sul

A greve dos professores estaduais chegou ao fim nesta terça-feira. Foram 57 dias de paralisação, desde que o governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa um pacote de reforma nas carreiras

Compartilhe:

A greve dos professores estaduais chegou ao fim na tarde desta terça-feira (14). Foram 57 dias de paralisação, desde que o governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa um pacote de reforma nas carreiras públicas.

A votação que encerrou a paralisação 2019-2020 teve mais de 1.200 participantes. O pleito foi realizado no Colégio Cândido José de Godói, no bairro Navegantes, zona norte de Porto Alegre. Caravanas de todas as regiões do Estado participaram do ato.

A maioria, 725 professores, votou pela retomada das atividades nesta quarta-feira (15). Foram 539 votos contrários a retomada das atividades escolares, já comprometidas no final do calendário escolar.

Presidente do CPERS, o sindicato dos professores, Helenir Schürer, afirmou que a retomada das atividades será rápida. “Amanhã a gente retorna de cabeça erguida. Sabemos que fizemos uma greve justa”, sintetizou.


Compartilhe: