“Vamos buscar explicações”, diz técnico do Inter após perder para o Grêmio

Compartilhe:

Inter e Grêmio disputaram, no final da tarde deste domingo (3), o Gre-Nal de número 422 na história, válido pela 30ª rodada do Brasileirão. O clássico, realizado na Arena, teve o 2 a 0 como placar final para o tricolor gaúcho, gols de Pedro Geromel e Rômulo.

Na partida, a equipe do técnico Renato Gaúcho foi superior o tempo todo. Já o time do Inter, nervoso no segundo tempo, não conseguiu dar um chute a gol (Paulo Victor não fez nenhuma defesa de perigo).

Com o resultado, o Inter estaciona nos 46 pontos, e permanece na sexta posição.

Na coletiva, Zé Ricardo disse que está bastante chateado. “Chateado pela derrota, principalmente porque aquilo que planejamos no jogo, não saiu. A nossa estratégia era ter a posse de bola e velocidade para trabalhar em cima dos laterais do Grêmio”, ressaltou.

“A gente entende que o torcedor está chateado, como nós também estamos. Pode ter certeza que vamos buscar explicações e fazer as cobranças que precisamos fazer.”

O técnico do Inter também falou sobre D’Alessandro não ter começado entre os titulares: “Utilizamos a estratégia que já vinha sendo utilizada com ele. Conversamos e junto com a preparação física e a fisiologia entendemos que era prudente entrar durante a partida.”

“Se a gente não ousar, não arriscar, certamente o desafio vai ficar mais distante. Independente do tempo que eu ficar aqui, a relação é de empregado e empregador. A cobrança é natural”, completou.

” A gente tem um bom grupo de atletas, mas faltam peças e isso não serve de desculpas”, disse o Roberto Melo, vice de futebol do Inter, ao conversar sobre o resultado do clássico com os jornalistas.

” Temos mais oito jogos e nossa obrigação é estra na Libertadores.  Esse grupo tem a obrigação de colocar o Inter na Libertadores”, ressaltou.


Compartilhe: