fbpx

Detentos produzem pães e doces na padaria do presídio de São Francisco de Paula

Uma parceria entre a direção do Presídio Estadual de São Francisco de Paula, o Conselho da Comunidade, o…

Uma parceria entre a direção do Presídio Estadual de São Francisco de Paula, o Conselho da Comunidade, o Poder Judiciário e a prefeitura tornou possível a produção de pães na padaria interna da casa prisional.

Um apenado, padeiro profissional, conta com a ajuda de quatro detentos, para produzir, em média, 300 pãezinhos por dia, auxiliando na alimentação de apenados e servidores.

O excedente da produção é doado para a Apae e outras instituições sociais. Os insumos, como a farinha e o leite, são fornecidos pelo Conselho da Comunidade e Poder Judiciário.

Para o administrador da casa prisional, Wagner Pimentel, a iniciativa tornou-se um trabalho muito importante. “Os produtos têm qualidade, além de o projeto incentivar o trabalho prisional, com foco na inclusão social”, explicou.

A parceria com as instituições garante uma visibilidade positiva das ações da casa prisional e dos apenados. “Por meio do trabalho e da visibilidade, podemos, aos poucos, desconstruir preconceitos estabelecidos pela sociedade”, afirmou Pimentel.

Os doces e pães produzidos na padaria do presídio também são solicitados para eventos sociais da cidade.

“Os apenados sentem-se estimulados a ajudar as pessoas mais carentes do município, além de terem direito à remição da pena pelo trabalho desenvolvido”, disse Pimentel.

Notícias relacionadas