Mulher morre em colisão entre caminhão e moto na FreeWay

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), houve uma colisão traseira. O caminhão bateu na moto e arrastou o veículo pela rodovia. 

Compartilhe:

Uma mulher morreu após uma colisão entre um caminhão e uma motocicleta na BR-290, em Cachoeirinha, região metropolitana de Porto Alegre. A batida aconteceu por volta das 5h, no sentido Capital-Litoral do quilômetro 82 da estrada.

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), houve uma colisão traseira. O caminhão bateu na moto e arrastou o veículo pela rodovia.

A vítima, identificada como Aline Martins Ferreira, 24 anos, era passageira da motocicleta. O condutor do veículo, Rubens Daniel Ortiz de Freitas, 34, foi socorrido em estado de saúde considerado grave. Ele foi transferido para o Hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre.

Conforme a PRF, ele estava com a habilitação suspensa. O teste do bafômetro deu negativo. O casal seguiria para Capão da Canoa, no Litoral Norte, de acordo com familiares.

O caminhão envolvido no acidente, com placas de Três Cachoeiras, havia saído da Capital e ia para Torres. Em depoimento o motorista, disse que não viu a moto. E que acreditava que o veículo saiu do acostamento e “se atravessou” na frente do caminhão.

No entanto, ele foi preso em flagrante, mas não pelo acidente. O condutor foi pego tentando inserir um disco de tacógrafo novo no dispositivo de aferição de velocidade. Isso impossibilitaria dos peritos identificarem se o veículo estava acima do limite permitido na FreeWay.

Ele deve ser responsabilizado pelo crime de “inovar artificiosamente em local de acidente”. O detido foi encaminhado à Polícia Civil, onde foi autuado por homicídio culposo e fraude processual. Ele foi liberado e deve responder aos processos em liberdade.


Compartilhe: