fbpx

Colônia holandesa comemora 70 anos da imigração em Não-Me-Toque

Foto: Divulgação/prefeitura municipal Não-Me-Toque

Trabalho e fé: esse é o lema que descendentes e familiares de holandeses seguem na colônia Não-Me-Toque.

Localizada a 280 quilômetros de Porto Alegre, a comunidade, conhecida também como Jardim do Alto Jacuí e capital nacional da agricultura de precisão, completa 70 anos desde a chegada dos primeiros moradores, em 1949. Segundo a Prefeitura, atualmente, população estimada já ultrapassa os 17 mil habitantes.

Para manter as origens, Não-Me-Toque participa ativamente de eventos e celebrações relacionadas à imigração e agronegócio, um deles é o Zeskamp, maior encontro anual de descendentes da imigração holandesa no Brasil.

Colônia participa de eventos relacionados à imigração holandesa, como o Zeskamp, realizado em Carambeí (PR) em julho de 2019. Foto: Divulgação

O presidente da Associação Cultural Brasil – Holanda (ACBH), Koob Petter, conta que a entidade se esforça para divulgar a atuação da colônia Não-Me-Toque.

“Sempre prestigiamos as ações realizadas pela colônia em nossa Revista Regenboog”, disse. “Além de notícias e atualizações sobre a comunidade. Incentivamos muito esses trabalhos e a preservação do nosso patrimônio cultural”, completa.

Segundo Petter., essa é uma forma de manter viva a história dos descendentes.

📰 Receba as notícias do Agora no seu WhatsApp e Telegram
Notícias relacionadas