fbpx

Número de casas destalhadas por granizo em Panambi chega a 1.300

Conforme a Prefeitura do município, mais de 26 mil metros quadrados de lona foram distribuídas. 
Granizo em Panambi. Foto: Divulgação

Ao menos 1.300 casas foram destelhadas em Panambi, no Noroeste gaúcho, durante um temporal de granizo. A tempestade atingiu a cidade por volta das 3h30 da madrugada deste sábado (31). Conforme a Prefeitura do município, mais de 26 mil metros quadrados de lona foram distribuídas.

O temporal durou apenas dez minutos. Porém as pedras de gelo, muitas do tamanho de um ovo de galinha, trouxeram prejuízos.

Ao menos 25 escolas do município foram danificadas pelo temporal. Em alguns estabelecimentos de ensino, há salas de aula alagadas. Na segunda-feira (2/9), não haverá aulas nas escolas de Ensino Infantil Raio de Sol, Bem Me Quer, Gente Miúda, Primeiros Passos e Madre Paula.

O mesmo ocorre nas escolas do Ensino Fundamental Waldenor Winkler, Dona Leopoldina e Rui Barbosa. As atividades no Centro de Atendimento Educacional Especializado também estão suspensas.

Conforme informações da Rádio Sulbrasileira, seis pessoas precisaram ser atendidas no Pronto Socorro de Panambi devido à chuva de granizo. Dois dos atendidos caíram do telhado enquanto colocavam lonas sobre as telhas. Um dos feridos teve fratura de um dedo.

Outras duas pessoas foram atendidas após terem mal estar por causa de crise nervosa. Uma mulher foi atendida com ferimento na cabeça após ser atingida por uma pedra de granizo. E o sexto atendido teve cortes nas mãos causados durante manuseio de telhas de fibrocimento.

Conforme a Prefeitura de Panambi, ainda não há levantamento de danos na agricultura.

📰 Receba as notícias do Agora no seu WhatsApp e Telegram
Notícias relacionadas