fbpx

Justiça condena empresa de ônibus pela má qualidade do serviço prestado

A Justiça do Rio Grande do Sul condenou a empresa Expresso Vitória ao pagamento de danos morais coletivos…

A Justiça do Rio Grande do Sul condenou a empresa Expresso Vitória ao pagamento de danos morais coletivos pela má qualidade do serviço prestado.

“Além de promover melhorias no transporte imediatamente”, ressaltou o Ministério Público. A Ação Coletiva de Consumo foi ajuizada pela Promotoria de Justiça de Charqueadas.

A Justiça também condenou a Metroplan a fazer a fiscalização do serviço de transporte metropolitano em Charqueadas. Ela vai ter de promover, no prazo de 180 dias, licitação para concessão dos serviços previstos nos contratos com a empresa.

Segundo o Ministério Público, o valor da indenização, a ser revertida ao Fundo Municipal de Meio Ambiente, é de 80 salários mínimos.

As melhorias a que a Expresso Vitória foi condenada referem-se a limpeza e conservação dos veículos. E também na substituição imediata do ônibus em caso de pane e a não utilização de veículos com idade superior a 10 anos.

Além disso, a Justiça determinou que a empresa não transporte passageiros em pé em número superior a 45% da capacidade.

A multa para o descumprimento de cada item da sentença é de R$ 1 mil por ocorrência.

📰 Receba as notícias do Agora no seu WhatsApp e Telegram
Notícias relacionadas