Meteoro gera clarão no céu e intriga moradores em cidades do RS

Compartilhe:

A queda de um novo meteoro causou surpresa aos moradores do Interior do Rio Grande do Sul. O fato ocorreu na noite desta quinta-feira (7) e agitou as redes sociais. Conforme analises preliminares da Bramon (Rede Brasileira de Observação de Meteoros), o bólido percorreu o Noroeste e Centro do Estado.

O fenômeno foi registrado em, ao menos, 40 cidades gaúchas. A queda do meteoro, que se desintegrou na atmosfera, foi capturada por câmeras da rede de observação.

No entanto, havia suspeita de que o fenômeno fosse a reentrada na atmosfera de lixo espacial. Após análise de vídeos enviados à Bramon, os especialistas descartaram essa possibilidade.

Eles conseguiram confirmar que o bólido era um meteoro. O facho de luz que intrigou os moradores foi gerado por um fragmento de rocha espacial pesando entre 7 e 12 kg. Ele teria adentrado na atmosfera a cerca de 57 km de altitude, próximo à cidade argentina de 25 de Mayo, na Argentina.

Conforme a Bramon, o fenômeno durou apenas 13,5 segundos. O bólido, de acordo com as estimativas da rede, teria atravessado o céu a uma velocidade média de 49 mil km/h. Os pedaços de rocha teriam se desintegrado ao atingir a altitude de 27 Km, ao norte da cidade de Jari, no Centro do Rio Grande do Sul.

Outro meteoro em abril

Em abril, a passagem de um meteoro também causou espanto em moradores. O fenômeno atravessou os céus a 122,2 mil km/h antes de ser totalmente consumido a cerca de 36 quilômetros de altitude. O meteoro foi observável em cidades como Torres, Taquara e Monte Castelo (SC).

Veja registros do meteoro


Compartilhe: