Bandidos fazem reféns e atacam dois bancos em Pedras Altas

Conforme informações preliminares da polícia, três ou quatro bandidos participaram da ação. Roubo ocorreu no Sicredi e, na sequência, no Banrisul.

Duas agências bancárias foram assaltadas por criminosos na manhã desta sexta-feira (7). O caso ocorreu em Pedras Altas, na região Sul do Estado. O município tem pouco mais de 2,1 mil habitantes.

Conforme informações preliminares da polícia, três ou quatro bandidos teriam desembarcado de um Fiat Punto, de cor prata, no Centro da cidade. Armados, eles adentraram no banco Sicredi e, na sequência, no Banrisul.

Os bandidos exigiram que clientes e funcionários formassem um cordão de isolamento durante os roubos na frente das agências. A medida é usada por quadrilhas para impedir reação por parte das polícias militar e civil. Na ação, nenhuma pessoa foi ferida pelos bandidos. Não há registro de que tiros tenham sido disparados.

Após roubarem as agências, os bandidos embarcaram no Punto e foram em direção ao interior do município. Conforme a Brigada Militar, um carro de modelo semelhante ao usado no crime foi encontrado em chamas na localidade de Quatro Bocas.

Em um primeiro momento, se especulou que uma pessoa teria sido feita refém. No entanto, a informação não foi confirmada pela Polícia Civil. Miguelitos – que são pregos e pedaços de metal retorcidos e fundidos entre si – foram jogadas em vias para furar pneus de viaturas.

A polícia suspeita que eles usaram um segundo veículo para fugir ou que se esconderam em alguma região próxima. Buscas estão sendo realizadas com o objetivo de capturar os bandidos.

Guarnições de Pelotas, Herval e Candiota foram acionadas. Os efetivos estão em Pedras Altas auxiliando nas buscas. Unidades do BOE (Batalhão de Operações Especiais) podem ser acionadas a qualquer momento para tentar a captura dos ladrões.

Equipes da Polícia Civil também estão em Pedras Altas. O caso já foi encaminhado à Delegacia de Roubos. Até as 14h desta sexta-feira ninguém havia sido preso por envolvimento no roubo.

Notícias relacionadas
Total
0
Share