Homem é morto a tiros e bandidos tentam queimar o corpo em Porto Alegre

Conforme as investigações da 6ª DPHPP (Delegacia de Polícia de Homicídio e Proteção à Pessoa), o homem foi morto com ao cinco disparos de arma de fogo na cabeça.

Compartilhe:

A Polícia Civil investiga a morte de um homem ocorrida no final da madrugada desta quarta-feira (29), em Porto Alegre. O crime ocorreu no acesso D-2 da estrada Vila Maria, no bairro Camaquã, na zona sul. Além de consumarem o homicídio, os bandidos ainda tentaram carbonizar o corpo, mas não conseguiram.

A Brigada Militar foi acionada por moradores próximos que ouviram os estampidos. Eles ligaram para a polícia e avisaram dos disparos. Policiais militares do 1° BPM (Batalhão de Polícia Militar) foram até o local informado via 190.

De acordo com o relato policial, ao chegarem ao local, já encontraram a vítima morta. A cena do crime foi isolada para o trabalho dos policiais civis e peritos do IGP (Instituto-Geral de Perícias).

Conforme as investigações da 6ª DPHPP (Delegacia de Polícia de Homicídio e Proteção à Pessoa), o homem foi morto com ao cinco disparos de arma de fogo na cabeça. O nome do indivíduo morto não foi divulgado.

Com o corpo enrolado em um cobertor, os autores do homicídio ainda tentaram queimar o cadáver. No entanto, não conseguiram êxito e apenas parte do corpo foi atingido pelas chamas.

O trabalho de perícia prosseguiu até a conclusão do levantamento da cena do homicídio. Os policiais apuraram vestígios de que a vítima tenha sido arrastada pelo chão até o local do homicídio.

O corpo foi recolhido e encaminhado ao DML (Departamento Médico Legal). A necropsia foi necessária para identificação da vítima, já que ela não portava documentos.

Imagens de câmeras de monitoramento de locais próximas são buscadas pelos policiais. A Polícia Civil não divulgou hipóteses para o homicídio e nem se há suspeitos já identificados como autores.


Compartilhe: