Temporal atinge Vale do Sinos e causa estragos em várias cidades

O temporal que atingiu a cidade de São Leopoldo, no final da tarde desta segunda-feira (11), derrubou o muro do Estádio Cristo Rei.

Compartilhe:

O temporal que atingiu São Leopoldo, no final da tarde desta segunda-feira (11), causou diversos estragos na cidade. Conforme a Defesa Civil do município, o vento destelhou casas e, ainda, derrubou o muro do Estádio Cristo Rei.

A Defesa Civil ainda faz levantamento do número de atingidos. Há relatos de queda de árvores e destelhamentos, conforme o órgão.

No bairro Fião, a parede de um prédio abandonado desabou sobre um carro, destruindo o veículo. Por sorte, não havia ninguém dentro do mesmo na hora do incidente.

No Cristo Rei, o vento pôs abaixo cerca de 30 metros do muro do estádio do Aimoré. De acordo com a direção do clube, a parte que desabou do muro ficava localizada atrás da arquibancada geral do estádio. “Não houve feridos no incidente e que o local já está interditado”, ressaltou a administração, em nota.

O Aimoré entrou em contato com a prefeitura de São Leopoldo, buscando contribuição para a remoção dos escombros, que virou uma pilha de tijolos.

O clube também se mobiliza para o início imediato da obra de reconstrução. Até lá, o estádio deve ser cercado com tapumes. “A diretoria do clube já está trabalhando no local, buscando quantificar as necessidades para reconstrução do muro”, conclui o comunicado do Aimoré.

Prejuízos em outras cidades

A cidade vizinha de Novo Hamburgo também registra prejuízos causados pelo vento forte do fim da tarde. Ao menos 15 casas foram destelhadas no bairro Vila Getúlio Vargas. Vários pontos do município chegaram a ficar sem fornecimento de energia elétrica.

Em Campo Bom são ao menos dez destelhamentos e sete queda de postes, conforme a Defesa Civil do município. Já o órgão de proteção de Dois Irmãos registra uma casa danificada pelo temporal.


Compartilhe: