Estrelas internacionais do beach tennis estarão em quadra no RS CUP

Torres está de volta a uma das maiores festas do beach tennis mundial (ITF World Tour) com a terceira edição do RS CUP, que começa nesta sexta

Compartilhe:

Torres está de volta a uma das maiores festas do beach tennis mundial (ITF World Tour) com a terceira edição do RS CUP, que começa nesta sexta-feira (23) e vai até domingo (25), em 25 quadras de areia montadas na Praia Grande, em Torres.

A competição vai contar com grandes estrelas, com destaque para a presença de três italianos que já deixaram seus nomes gravados na história do esporte: Tommaso Giovannini, atual número 3 do mundo, Alessandro Calbucci, considerado o Federer das areias e hoje número 9, e Alex Mingozzi, maior campeão da história do BT e técnico da Seleção Brasileira (atual campeã do mundo).

Giovannini, que acaba de vencer em Aruba, vai jogar ao lado de Mingozzi, enquanto Calbucci forma dupla com Nacho Guedez, que já foi campeão pan-americano pela Venezuela.

Várias feras brasileiras também já estão confirmadas, como Vini Font, único atleta não italiano a ocupar o topo do ranking (2014), Diogo Carneiro e Ralff Abreu (dupla campeã pan-americana), Marcus Vinicius Ferreira, Thales Santos e João Lauro Carneiro (companheiros de Font na seleção atual).

Os olhares também estarão voltados para Vinicius Chaparro e André Baran, que deram show no Sul Brasileiro, que aconteceu em Porto Alegre em outubro. A dupla ficou em segundo lugar, perdendo a final para Santos e Ferreira.

Do lado feminino, as brasileiras Rafa Miiller, número 5 do mundo e atual campeã em Aruba, e Joana Cortez, número 7, e a venezuelana Patty Diaz, que completa o top 10, estão entre as grandes atrações. Mas a lista continua com nomes como Marcela Vita, Lorena Melo e Nathy Costa.

A primeira edição do RS CUP em Torres foi realizada em 2015. O evento foi um grande marco para o esporte no Brasil por ter sido eleito o melhor torneio de beach tennis feito até aquele momento no País.

A competição foi parar no Oscar do BT na Itália, sendo escolhida pelos atletas como uma das cinco melhores do mundo realizada naquele ano.


Compartilhe: